boneco aaa

Bem vindos !

Associação Atlética de Avanca, lança o seu próprio sítio na Internet. Local onde poderá consultar toda a informação do futebol sénior e da formação, …

ler mais
Imprimir

Atlética volta a perder

A última jornada da primeira volta do Campeonato Pecol pôs frente a frente as equipas da Associação Atlética de Avanca e a equipa do S.C.Paivense, sendo que a equipa visitante levou os três pontos para Castelo de Paiva vencendo por 0-1.

Com muitas alterações derivado a castigos e lesões, o técnico Rui Valente viu-se privado de seis dos seus habituais titulares.

A favor do vento começou melhor a Atlética impondo seu jogo e conseguiu encostar o adversário ao seu reduto defensivo pressionando alto com sucessivas tentativas de ataque organizado. O Paivense sempre muito unido ia tentando em contra-ataque criar perigo e aos 28´ num remate de fora da área obrigou Rui Pedro a defender a dois tempos, na resposta Tigas poderia ter aberto o activo mas preferiu oferecer o golo a Pesquina mas a bola foi interceptada por um defesa visitante. Numa primeira parte nem sempre bem jogada muito por culpa do tempo que se fez sentir e do estado do relvado manteve-se o nulo.

Na segunda parte entrou melhor o Paivense e logo aos 46´ num livre à entrada da área a bola ressalta num jogador da Atlética e por pouco não entrou. Num jogo que estava equilibrado foi mais feliz a equipa de Paiva que aos 61´ inaugurou o marcador através de Vítor Silva que desferiu um potente remate de ressaca e Rui Pedro nada pôde fazer. A remar contra o vento a equipa da Atlética teve de remar ainda com mais algumas contrariedades, ou seja aos 65´o árbitro decidiu ser protagonista e expulsou Márcio que queria fazer um lançamento rápido mas o jogador visitante não o deixou envolvendo-se os dois e quem acabou expulso foi o jogador da casa, decisão muito contestada e exagerada.

Se com 11 as coisas estavam difíceis mais complicadas se tornaram mas a equipa da Atlética nunca baixou os braços, colocando mais jogadores no ataque e mostrando grande atitude mas a não ter êxito no resultado final.

De salientar a entrada de Deco ( júnior de 1º ano) e de Mota (sénior de 1º ano) que deram o seu contributo à equipa mostrando bom desempenho.

Jogaram:

Rui Pedro, Márcio, Moreira (Deco aos 76), Xano, Amaral, Bruninho, Tarola, Carlitos, Nelson (Cabilhas aos 78), Tigas (Mota aos 70) Pesquina.

Na próxima jornada a equipa da Atlética recebe o Carregosense e espera voltar ´a senda das vitórias.

Imprimir

Atlética perde frente ao União de Lamas

A 13ª jornada do Campeonato Pecol pôs frente a frente a equipa da Atlética e do União de Lamas, levando o visitante a melhor por 1-0.

Continua sem (con) vencer a equipa da Atlética que nesta jornada a jogar em sua casa consentiu mais uma derrota e o seu quinto jogo sem marcar golos.

Não entrou bem a equipa da Atlética neste jogo e desde os minutos iniciais deu a iniciativa à equipa do Lamas, que embora bem estendida no relvado e com mais posse de bola não criou lances dignos de registo para a baliza à guarda de João.

Numa primeira parte bastante morna e aquém do que as duas equipas são capazes de proporcionar, a equipa do Avanca mostrou-se ansiosa errando muitos passes e não conseguindo as transições rápidas para o ataque falhando muitas vezes o último passe.

Rui Valente no início da segunda parte corrigiu alguns posicionamentos e a equipa nos primeiros 20 minutos da segunda parte respondeu com uns excelentes 20 minutos em que criou três boas ocasiões para inaugurar o marcador.

Não marcou a Atlética e fui a equipa do Lamas a chegar ao golo através de Tintim que deu a melhor sequência a um contra-ataque da equipa visitante, após um canto em que a equipa da Atlética ficou a pedir penalty.

A perder o técnico Rui colocou todas as soluções disponíveis no ataque mas não conseguiu anular a desvantagem.

Após uma entrada forte na segunda parte a equipa de Avanca não conseguiu anular a desvantagem até ao fim da partida. Mais feliz foi a equipa do União que no único lance de perigo fez a bola entrar.

Jogaram:

João Reis, Márcio, Xano, Tiago Amaral, Bruninho, Costa, Tarola (Cabilhas aos 70), Bornes(Tigas aos 78), M. Ângelo, Pesquina (Nelson aos 64) e Magno